Blog

Investidor com perfil arrojado, moderado ou conservador: termos que não lhe definem

Em geral, bancos e corretoras de investimentos tradicionais enquadram seus clientes da seguinte forma: investidor com perfil arrojado, moderado ou conservador. De fato, para a construção de um portfólio customizado e que atenda todas as expectativas em relação a preservação do capital, a compreensão do perfil e dos objetivos de cada cliente é muito importante. No entanto, a Portofino não acredita em termos prontos para a definição de um perfil.

Pensando na relevância da personalização para a elaboração de um planejamento financeiro, criamos um artigo que explica porque termos prontos não são o bastante para a preservação do capital de um investidor.

Continue a leitura!

Por que termos como investidor com perfil arrojado, moderado e conservador não são suficientes para a preservação do capital

Grande parte das corretoras de investimentos utilizam três termos para a definição de “tipos” de pessoas atuantes no mercado financeiro: o investidor com perfil arrojado, moderado e conservador. No entanto, a Portofino não acredita que essas definições prontas sejam suficientes para a compreensão real dos objetivos de um cliente.

Por mais que o mercado utilize palavras para definir perfis de investidores, entendemos que cada cliente é único e, por isso, os termos podem se confundir. Uma pessoa com o perfil considerado conservador, por exemplo, pode ter vários aspectos de um perfil moderado e assim por diante.

Antes de tomar qualquer decisão relacionada a um portfólio de investimentos para a preservação de seu capital, é muito importante compreender quais são suas expectativas e os seus objetivos para o futuro. Afinal, somente desta forma o serviço de gestão e execução de investimentos poderá ser realizado com excelência, resultando em eficiência do ponto de vista fiscal e na relação de risco/retorno.

Em nosso sistema são avaliadas questões como a volatilidade, retorno e a distribuição por classes de ativos. Para a real compreensão do objetivo de um cliente é preciso ir além e, por isso, a Portofino faz uso de métricas claras, que revelam através de números os melhores caminhos para a construção de um portfólio de investimentos verdadeiramente personalizado.

Qual é a melhor opção de investimento? Tudo dependerá do seu perfil

Como vimos, diferentes perfis de investidores demandam tipos diversificados de investimentos. Não há uma fórmula mágica para investir bem. Na verdade, um bom portfólio de investimentos será aquele que é totalmente estruturado com relação às demandas do cliente.

A atuação da Portofino é clara e personalizada para atingir os objetivos de cada cliente. Cada um dos nossos processos são estruturados para facilitar o seu investimento. Por isso, um dos primeiros passos da empresa é a compreensão do perfil e dos objetivos do investidor, com intuito de constituir um portfólio customizado, que atenda suas expectativas e que conserve o seu patrimônio.

Então, gostou da leitura? Se o artigo foi relevante para você, comente!.

1 Response

  1. Fernando

    Muito bom texto e é realmente verdade. Nos bancos há uma carteira padrão para cada perfil que eles apresentam como “portfólio sugerido” sem mesmo saber suas verdadeiras necessidades e objetivos.

    Abs

Leave a Reply