Blog

Dia Internacional da Mulher: conheça a trajetória de Carolina Giovanella, diretora da Portofino Investimentos

O Dia Internacional da Mulher, celebrado no dia 8 de Março, nos faz refletir sobre o papel do sexo feminino na sociedade contemporânea. Sabemos a importância do posicionamento das mulheres em todos os campos sociais, políticos e econômicos, no entanto, a desigualdade entre os gêneros ainda marca presença em diversos cenários, como por exemplo no mercado financeiro.

Com o objetivo de gerar reflexão sobre o tema, o artigo de hoje conta a trajetória de Carolina Giovanella, sócia-diretora da Portofino Investimentos e traz considerações relevantes sobre a participação feminina no mundo dos investimentos.

Siga a leitura!

No Dia Internacional da Mulher, conheça a trajetória de Carolina Giovanella

Existem diversas mulheres que representam a luta da igualdade entre os gêneros. Carolina Giovanella, sócia da Portofino Investimentos, é um exemplo próximo dessa questão e do potencial feminino no mercado financeiro.

Fundada em 2012 por Carolina, a Portofino Investimentos surgiu no mercado com o intuito de gerir recursos dos sócios e suas famílias. Pensando no modelo de Multi Family Office, a empresa foi estruturada como uma Gestora de Recursos (CVM), onde realiza uma gestão independente e livre de conflitos de interesses, pautada na remuneração transparente e totalmente alinhada aos seus clientes.

A diretora à frente da Portofino Investimentos é a responsável pelo crescimento exponencial da empresa nos últimos 7 anos, que no final de 2019 pretende concretizar a meta de 4 bilhões sob gestão e projeta para 2020 um patrimônio de 6 bilhões sob gestão. Fundada em São Paulo, a Portofino opera hoje com escritórios localizados na capital paulista, Porto Alegre, Caxias do Sul e em Nova Iorque. Além disso, em breve, a empresa terá outra filial em mais uma capital brasileira.

Carolina sempre buscou se qualificar para trabalhar com o mercado financeiro, de modo que pudesse se destacar em um cenário majoritariamente masculino através de suas competências.

A sócia da Portofino carrega um currículo extenso, com graduação em Ciências Jurídicas e Sociais e em Administração de Empresas pela PUCRS (com Láurea Acadêmica em Administração de Empresas) e especialização em Mercado de Captais pela Fundação Getúlio Vargas e pelo Insper. Além disso, possui o certificado CPA-20 ANBIMA e é profissional CFP® pela IBCFP e gestora de investimentos registrada na CVM. Carolina também possui certificação CGA (Certificação de Gestores Anbima).

Participação feminina no mercado financeiro ainda é baixa, mas efetiva

A população feminina é maior do que a masculina no país, atingindo quase 52%. No entanto, dados do Tesouro Direto nos mostram que apenas 25,2% dos investidores brasileiros são mulheres. Já na Bolsa de Valores, o número é ainda menor: 11,08%. Como podemos perceber, o número de investidorAs é significativamente menor do que investidores.

Por mais que a participação das mulheres no mercado financeiro seja baixa, um estudo realizado pela Warwick Business School e divulgado pela Forbes nos mostra o grande potencial das mulheres que investem. Entre abril de 2012 e julho de 2016, 2.456 investidores, dos quais 450 eram mulheres, foram entrevistados. O grupo de mulheres superou os retornos do sexo masculino no estudo em cerca de 1,2% ao ano.

Quando as mulheres são mais fortes financeiramente, todos se beneficiam. Afinal, proteger o patrimônio é sinônimo de ter mais opções: a escolha de tirar uma folga com a família, trocar de emprego por algo que você ama, viajar pelo mundo, se aposentar mais cedo. Dinheiro é sinônimo de escolhas e, ao mesmo tempo, de liberdade.

Carolina, enquanto mãe, sócia, gestora e representante feminina, compreende a importância de inserir as mulheres no mercado financeiro. Pesquisas demonstram que a maior parte das investidorAs estão em busca de mais segurança financeira e, tendo essa informação em vista, a Portofino Investimentos disponibiliza diversas opções seguras de investimentos, que rendem mais do que a aplicação tradicional em bancos.

Além disso, oferecemos também o trabalho de planejamento financeiro, que possui como principal objetivo proporcionar aos nossos clientes, sejam eles mulheres ou homens, a possibilidade de viver a vida que sempre sonharam. Queremos ajudá-la (ou ajudá-lo!) a alcançar seus planos para o futuro com segurança e transparência.

Então, gostou do artigo? Qual a sua opinião sobre a participação feminina no mercado financeiro? Comente!

Leave a Reply