Blog

A “mágica” dos juros compostos: a importância de começar cedo

Ao planejar sua vida financeira, diversas questões devem ser observadas. Afinal, como sabemos, fatores como prazo, rentabilidade e condições são importantes na hora de montar uma carteira de investimentos.

No entanto, além dos itens listados acima, devemos ter atenção especial em relação aos juros compostos. No mundo dos investimentos, eles são considerados como um fator de alta relevância para a concretização de objetivos em longo prazo.

O artigo de hoje explica o que são os juros compostos, como eles funcionam e porque você deve começar a planejar sua vida financeira o mais cedo possível.

Siga a leitura!

Afinal, o que são os juros compostos?

Ao organizarmos as nossas finanças e nos planejarmos financeiramente, aumentamos as chances de conquistarmos a vida que sempre desejamos. A compra da uma casa de férias, manter o padrão de vida na aposentadoria, passar mais tempo com a família: apenas o planejamento financeiro nos permite conquistar esses e outros sonhos.

Por mais que os objetivos de cada investidor sejam variados, é preciso compreender que quanto maior for o prazo, mais lucrativo será o investimento. O motivo disso se dá pela famosa “mágica” dos juros compostos. Através dela, quanto mais cedo você começar, melhores serão os frutos a longo prazo.

Os juros compostos se referem à modalidade de capitalização onde os juros são incididos em cima dos juros. Em resumo, os juros de um mês rendem em cima dos juros do mês anterior e assim por diante, gerando um acúmulo de patrimônio cada vez maior.

Quanto mais cedo, melhor: os juros compostos e suas vantagens em longo prazo

Como vimos, quanto antes você começar a se planejar financeiramente, maior a chance de atingir os seus objetivos para o futuro. Afinal, aqueles que se conscientizam sobre a importância de começar a investir cedo, absorvem grandes vantagens em longo prazo. Essa é a “mágica” dos juros compostos.

Para entender melhor, veja o exemplo prático abaixo do que aconteceria com R$ 10.000,00 aplicados durante 5 meses na modalidade de capitalização de juros compostos, com uma taxa de juros de 10% ao período:

capturar_new

Na modalidade de capitalização de juros compostos, com uma taxa de 10% ao mês em um período de 5 meses, o investidor transformou seu capital inicial de R$ 10.000,00 para R$ 16.105,10.

Se o mesmo investidor tivesse optado pela modalidade de juros simples, seu capital seria de apenas R$ 15.000,00.

Uma diferença de R$ 1.105,10 em apenas 5 meses. Agora, imagine em longo prazo. Quando falamos de investimentos, o tempo é valioso.

Quanto maior for o tempo de aplicação, maior será o saldo final e isso também potencializa a remuneração da taxa de juros de cada período adicional. Pequenas elevações da taxa de juros ocasionam um efeito cada vez maior na medida em que o tempo passa.

Esclareceu as suas dúvidas sobre juros compostos? Se você possui interesse em saber mais sobre essa modalidade de capitalização, entre em contato conosco!

Leave a Reply